Depressão

depressao ipage

As pessoas com depressão normalmente falam muito pouco e, em casos mais graves, apresentam mutismo. Além disso, falam em volume baixo e devagar, podendo haver um aumento da latência pergunta-resposta.

Entre os transtornos mentais que ocorrem em idosos, a depressão é a causa mais frequente de sofrimento emocional e piora a qualidade de vida, devendo ser reconhecida como um grave problema de saúde pública.

Pacientes com depressão tendem a apresentar uma atitude lamuriosa,queixando-se o tempo todo de seu sofrimento, ou indiferente, quando ele se volta excessivamente para dentro de si e ignora o ambiente e as outras pessoas. Seus sintomas são insônia ou hipersonia, perda de libido, aumento ou diminuição de apetite, negativismo e comportamentos/pensamentos suicidas.

“Ao contrário do que se pensa, as pessoas não vão se matar se a mídia falar mais sobre o suicídio. O importante é a orientação sobre isso. Deve-se falar disso para prevenir.”

Ansiedade

ansiedade ipage

No transtorno de Ansiedade Social, o simples fato da pessoa sair na rua e estar em contato com outras pessoas pode desencadear a ansiedade. Pessoas que possuem o transtorno se sentem desconfortáveis ao perceber que alguém possa estar prestando atenção à ela.

Seus sintomas são taquicardia e tontura, sudorese e tremores, aumento da pressão arterial, formigamento dos membros, sensação de morte eminente, medo de morrer e medo de enlouquecer, podendo desencadear em casos graves crise de pânico.

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

tdah ipage

É um transtorno neurológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. No Brasil, 5% das crianças e adolescentes tem TDAH diagnosticado.

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade na infância pode causar graves prejuízos, inclusive escolares. Dificuldade em manter atenção em tarefas que exijam esforço mental, inquietação, esquecimentos frequentes e impulsividade são alguns dos sintomas comuns do TDAH.

O TDAH pode acarretar prejuízos significativos durante ou após a infância. Além do baixo rendimento escolar e dos distúrbios no convívio familiar e social – comumente observados -, desvios de conduta, uso abusivo de substâncias como álcool e drogas e sintomas psiquiátricos, outros também podem estar relacionados ao quadro.

Transtorno de Personalidade Bipolar

bipolar ipage

O Transtorno de Personalidade Bipolar pode ser definido a partir de fases ou episódios de humor. Como a depressão: humor depressivo ou irritável; desinteresse ou falta de prazer nas atividades habituais; desânimo; desconcentração, esquecimento, isolamento social. A euforia: exaltação do humor, eufórico, expansivo ou irritável, ideias de grandeza, otimismo exagerado, aumento da autoestima, fala acelerada. Episódios de hipomania: é uma forma mais leve de mania. O que melhor caracteriza esse episódio é o aumento da atividade com sensação de maior energia.

A hereditariedade é um importante fator de vulnerabilidade para o desenvolvimento do transtorno bipolar. Cerca de 50% dos portadores apresentam pelo menos um familiar com esse transtorno.

A escola pode diferenciar quando o comportamento de um aluno é motivado por alteração de humor e quando se trata de comportamento disciplinar inadequado. A escola pode junto com a família desenvolver uma adaptação curricular que impeça a reprovação e adotar medidas conjuntas que evitem o estigma da doença.

Seus sinais de alerta e principais sintomas são: isolamento social devido ao seu comportamento, pouca resposta à estimulação visual e verbal, mudança inexplicável de comportamento, choro frequente e sem causa aparente, abandono de tarefas sem conclusão, marcante inquietação motora, perturbação do sono, agressividade.

Síndrome do Pânico

sindrome do panico

A síndrome do Pânico é caracterizada pelo “medo de ter medo”, que pode fazer com que a pessoa tome medidas defensivas para se proteger dessas “ameaças” muitas vezes inexistentes.

O ataque do pânico situacional ocorre quando o indivíduo se depara ou se expõe a certas situações, como por exemplo, trânsito, multidões e trabalho.

Existem diversos tipos de ataques de pânico. O mais comum é o ataque espontâneo, aquele que não está associado a uma situação desencadeadora conhecida.

Os múltiplos sintomas descritos por pacientes com TP são o maior obstáculo ao diagnóstico correto e a principal razão pela qual procuram atendimento com os especialistas mais diversos.

Com a repetição dos ataques de pânico, comumente a pessoa desenvolve preocupação com a possibilidade de ocorrerem novamente, o que é chamado de ansiedade antecipatória.

Seus principais sintomas são ondas de calor, arritmia cardíaca, tonturas, náuseas e diarreias, dores de cabeça e falta de ar.

depressao ipage

Depressão

As pessoas com depressão normalmente falam muito pouco e, em casos mais graves, apresentam mutismo. Além disso, falam em volume baixo e devagar, podendo haver um aumento da latência pergunta-resposta.

Entre os transtornos mentais que ocorrem em idosos, a depressão é a causa mais frequente de sofrimento emocional e piora a qualidade de vida, devendo ser reconhecida como um grave problema de saúde pública.

Pacientes com depressão tendem a apresentar uma atitude lamuriosa,queixando-se o tempo todo de seu sofrimento, ou indiferente, quando ele se volta excessivamente para dentro de si e ignora o ambiente e as outras pessoas. Seus sintomas são insônia ou hipersonia, perda de libido, aumento ou diminuição de apetite, negativismo e comportamentos/pensamentos suicidas.

“Ao contrário do que se pensa, as pessoas não vão se matar se a mídia falar mais sobre o suicídio. O importante é a orientação sobre isso. Deve-se falar disso para prevenir.”

ansiedade ipage

Ansiedade

No transtorno de Ansiedade Social, o simples fato da pessoa sair na rua e estar em contato com outras pessoas pode desencadear a ansiedade. Pessoas que possuem o transtorno se sentem desconfortáveis ao perceber que alguém possa estar prestando atenção à ela.

Seus sintomas são taquicardia e tontura, sudorese e tremores, aumento da pressão arterial, formigamento dos membros, sensação de morte eminente, medo de morrer e medo de enlouquecer, podendo desencadear em casos graves crise de pânico.

tdah ipage

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

É um transtorno neurológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. No Brasil, 5% das crianças e adolescentes tem TDAH diagnosticado.

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade na infância pode causar graves prejuízos, inclusive escolares. Dificuldade em manter atenção em tarefas que exijam esforço mental, inquietação, esquecimentos frequentes e impulsividade são alguns dos sintomas comuns do TDAH.

O TDAH pode acarretar prejuízos significativos durante ou após a infância. Além do baixo rendimento escolar e dos distúrbios no convívio familiar e social – comumente observados -, desvios de conduta, uso abusivo de substâncias como álcool e drogas e sintomas psiquiátricos, outros também podem estar relacionados ao quadro.

bipolar ipage

Transtorno de Personalidade Bipolar

O Transtorno de Personalidade Bipolar pode ser definido a partir de fases ou episódios de humor. Como a depressão: humor depressivo ou irritável; desinteresse ou falta de prazer nas atividades habituais; desânimo; desconcentração, esquecimento, isolamento social. A euforia: exaltação do humor, eufórico, expansivo ou irritável, ideias de grandeza, otimismo exagerado, aumento da autoestima, fala acelerada. Episódios de hipomania: é uma forma mais leve de mania. O que melhor caracteriza esse episódio é o aumento da atividade com sensação de maior energia.

A hereditariedade é um importante fator de vulnerabilidade para o desenvolvimento do transtorno bipolar. Cerca de 50% dos portadores apresentam pelo menos um familiar com esse transtorno.

A escola pode diferenciar quando o comportamento de um aluno é motivado por alteração de humor e quando se trata de comportamento disciplinar inadequado. A escola pode junto com a família desenvolver uma adaptação curricular que impeça a reprovação e adotar medidas conjuntas que evitem o estigma da doença.

Seus sinais de alerta e principais sintomas são: isolamento social devido ao seu comportamento, pouca resposta à estimulação visual e verbal, mudança inexplicável de comportamento, choro frequente e sem causa aparente, abandono de tarefas sem conclusão, marcante inquietação motora, perturbação do sono, agressividade.

sindrome do panico

Síndrome do Pânico

A síndrome do Pânico é caracterizada pelo “medo de ter medo”, que pode fazer com que a pessoa tome medidas defensivas para se proteger dessas “ameaças” muitas vezes inexistentes.

O ataque do pânico situacional ocorre quando o indivíduo se depara ou se expõe a certas situações, como por exemplo, trânsito, multidões e trabalho.

Existem diversos tipos de ataques de pânico. O mais comum é o ataque espontâneo, aquele que não está associado a uma situação desencadeadora conhecida.

Os múltiplos sintomas descritos por pacientes com TP são o maior obstáculo ao diagnóstico correto e a principal razão pela qual procuram atendimento com os especialistas mais diversos.

Com a repetição dos ataques de pânico, comumente a pessoa desenvolve preocupação com a possibilidade de ocorrerem novamente, o que é chamado de ansiedade antecipatória.

Seus principais sintomas são ondas de calor, arritmia cardíaca, tonturas, náuseas e diarreias, dores de cabeça e falta de ar.

Livros Publicados

Transtorno de Ansiedade Social

Depressão

Esquizofrenia

Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade

Transtorno de Pânico

livro ansiedade social
livro depressao
livro esquizofrenia
livro tdah
livro transtorno de panico

Livros Publicados

Transtorno de Ansiedade Social

livro ansiedade social

Depressão

livro depressao

Esquizofrenia

livro esquizofrenia

Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade

livro tdah

Transtorno de Pânico

livro transtorno de panico

Localização & Contato

SGAS 910, Asa Sul, Edifício Mix Park Sul

Bloco E, sala 134/136, Brasília DF

Tel.: (61) 3443-9999

Whatsapp (61) 9 7400-2105psicologia brasilia - whatsapp

Localização & Contato

SGAS 910, Asa Sul, Edifício Mix Park Sul

Bloco E, sala 134/136, Brasília DF

Tel.: (61) 3443-9999

Whatsapp (61) 9 7400-2105psicologia brasilia - whatsapp

Avaliações

Dr. Antônio é um excelente profissional, trata minha depressão e ansiedade a anos e já percebo, assim como meus familiares e amigos, meu progresso ao tratamento e uma melhora grande. Já estou em fase de desmame, algo que nunca imaginei que iria conseguir. Agradeço muito, doutor! 
avaliacao 5 estrelas psiquiatra brasilia
Jonatas Miranda

A melhor psicóloga que já fui na vida, já passei por várias terapias e nenhuma tão atenciosa e dedicada no meu histórico e preocupada com minhas reações e respostas ao tratamento. Muito obrigada, Karine Figueiredo.
avaliacao 5 estrelas psiquiatra brasilia
Ana Maria

Não tenho mais insônia! Maior parte do tempo da minha vida eu tive insônia e nem lembrava mais como era dormir bem, porém depois que comecei o tratamento psiquiátrico com o Dr. Antônio, minha vida mudou completamente. Ele me acompanhou na sua maior paciência e dedicação ao meu caso e se envolveu como nenhum médico tinha feito, hoje já posso dizer o que é dormir bem. Recomendo!
avaliacao 5 estrelas psiquiatra brasilia
Claudia Soares

 Não poderia encontrar psicóloga melhor do que a Karine, super meiga e sempre sabe o que dizer em qualquer situação que levo. Agora sou uma pessoa que sabe trabalhar bem meus problemas e dificuldades que sempre tive, muito obg Karine!!!
avaliacao 5 estrelas psiquiatra brasilia
Luciano de Souza

 O melhor psiquiatra de Brasilia com certeza é o dr. Antonio Geraldo, dedicado e atencioso, e muito prestativo, tratou meus vícios químicos e foi algo bem trabalhoso e demorado, mas valeu totalmente, hoje já não sou viciado e nem sinto falta, consegui retomar minha vida normal. Muito obrigado doutor.
avaliacao 5 estrelas psiquiatra brasilia
Claudia Soares

 Ótima profissional, nunca tinha ido a uma psicóloga tao boa antes, que me entende totalmente, já melhorei tanto desde que comecei meu tratamento com a Karine. Indico a todos!
avaliacao 5 estrelas psiquiatra brasilia
Fernanda G